Voltar para página inicial
Voltar para página inicial  

Quem somos Workshops

Contato
Contato

É Domingo no parque Burle Marx

-------------------------------

Laboratório
de Aquarela

-------------------------------

Coaching e Oratória / Técnica de Oratória do Mutirão Cultural da UBE




Pintar----

Chaveiro São Franscisco----


Untitled Document

 



JORNADA 2006 "Um mundo melhor"

A aquarela é uma técnica que possibilita expressar o sentimento interior do artista por meio de manchas e veladuras, onde o gestual conta muito e também influencia no resultado do trabalho. Cada qual com sua intuição e vivência experimenta a viagem que o pigmento faz por intermédio da água, que conduz, espalha, escorre sobre o papel e consegue efeitos, às vezes inesperados transformando pinceladas em ousadias repletas de cores.

O Universo da aquarela engloba sentimentos que se impõem em forma de manchas significativas, implicam numa dimensão repleta de sensações e experiências e numa viagem por meio delas pode-se conseguir inúmeros efeitos cromáticos aliados ao exercício exaustivo que o artista exerce sobre o fazer, o querer e a pesquisa de materiais e cores.
Apesar de ser uma técnica milenar, sempre se apresenta moderna no sentido de que nos proporciona visões diversas do que só ela pode oferecer. Suas cores aveludadas, ora mais constrastantes, ora mais suaves mas, nem por isso menos vigorosas, nos faz perceber suas inúmeras possibilidades.
Nesta exposição podemos notar as variações de estilo e modo com que cada artista exprime a sua paixão mostrando-nos uma visão particular. Temas e pinceladas diversas nos permite um mergulho no universo da aquarela e suas características. É a paixão com que cada um exerce a sua técnica e que aflora por intermédio dela e nos induz a sonhar em meio a insinuações multicoloridas.

Admirar uma aquarela é ousar imaginar a percepção do artista perante o papel. Tentar sentir um quê de intuição e técnica, aliados à pesquisa temática. Querer descobrir quais os sentimentos que tomam conta dele, em seu fazer pictórico é impossível, pois nesse momento, o envolvimento é tanto que nem sempre conseguimos sequer imaginar o que o levou a conceber tal obra. O que podemos concluir de tudo isso é que a aquarela é uma mistura de surpresas poéticas provocadas pelo gestual do artista e que cada olhar é um olhar – uma manifestação que se transforma em extase e paixão pelas cores.

Marilu F Queiroz
Curadora
Mestre em Educação, Arte e História da Cultura
pela Universidade Mackenzie

 

 

Artistas convidados
Guati Hojo - Artista homenageado (in memoriam)
Carmen Fidalgo, Fang, Galina Sheetikoff, Selma Daffre, Zeminian.

Artistas Expositores
Carmen Abranches, Claudia Simões, Elza Oda, Lia Robba, Lilian Arbex, Lucia Novo,
Madalena Maneira, Maria Serena, Marines Takano, Nilzete Jansen, Rose Granata, Sao Pedro, Sima Woiler,

Artistas Comissão Organizadora
Deli Ribeiro, Graciela Wakizaka, Marilu F. Queiroz, Regina Y. Komatsu.

 

Galeria do Projeto

Artistas Convidados